Que dieta deve tomar se sofrer de hipertireoidismo?

Sympler, seu amigo de saúde diz:

O hipertireoidismo ocorre quando as glândulas tireóides produzem quantidades excessivas de hormônios tireoidianos. Isso significa que o metabolismo do corpo aumenta significativamente, causando bócio, perda de peso, sudorese e batimentos cardíacos acelerados.

Alimentos para evitar hipertireoidismo

No hipertireoidismo, o corpo produz muito do hormônio tiroxina, e isso leva ao metabolismo acelerado. Alimentos para evitar no hipertireoidismo seriam alimentos ricos em iodo, como algas, algas e outras variedades de alimentos encontrados perto do mar. O sal também contém iodo. Além disso, os alimentos que são estimulantes, como a cafeína e o açúcar, só podem intensificar os sintomas do hipertireoidismo. É melhor manter o mais saudável possível reduzindo a ingestão de leite integral, carne vermelha e alimentos processados. O consumo de frituras e confeitos precisa ser reduzido ao mínimo.

Hipertireoidismo e Deficiência de Alimentos:

Um aumento da taxa de metabolismo em pacientes com hipertireoidismo pode levar a um esgotamento de nutrientes mais rapidamente do que para pessoas com níveis normais de tireóide. Isso pode levar a deficiências de vitamina D e B12. Alimentos que são ricos nessas vitaminas, bem como boas fontes de antioxidantes, ajudam o corpo a combater os radicais livres que podem ter um papel no hipertireoidismo. A vitamina B12 ajuda na produção de glóbulos vermelhos, bem como ajuda a construir um forte sistema imunológico necessário para pacientes com hipertireoidismo. A vitamina D é um componente importante na absorção de cálcio necessária para ossos saudáveis. Com o metabolismo excessivo, os pacientes com hipertireoidismo precisam ter um bom suprimento de vitamina D em seu sistema.

Vitaminas para hipertiroidismo:

Certas vitaminas podem ajudar pacientes com hipertireoidismo. É sempre melhor consultar o médico sobre a dosagem exata necessária. Antioxidantes são uma ótima maneira de eliminar os radicais livres no organismo. A vitamina C aumenta os níveis de antioxidantes e ajuda a regular a glândula tireóide. Vitaminas do complexo B são outro exemplo de vitaminas que podem ajudar pacientes com hipertireoidismo. Eles ajudam a construir o sistema imunológico e estabilizar o processo digestivo, que sai do caminho devido ao aumento do metabolismo em pacientes com hipertireoidismo.

Nutrição:

O hipertireoidismo pode criar muitas deficiências nutricionais em nossos corpos, se deixado sem vigilância. Portanto, é importante garantir uma nutrição adequada para pacientes com hipertireoidismo. O primeiro passo seria incluir alimentos que suprimem a tireóide na dieta. Brócolis, produtos de soja, couve, couve-flor e couve são alguns exemplos. Também é importante manter a reposição do corpo com minerais e vitaminas vitais. Comer muitas frutas e vegetais frescos é a melhor maneira de obter terapia nutricional para o hipertireoidismo.

Suplementos:

Existem muitos suplementos naturais para o hipertireoidismo, que ajudam a fornecer ao corpo os nutrientes necessários. Ácidos graxos ômega 3 são um deles. Normalmente encontrado em peixes, esta é uma excelente fonte de boa proteína para o corpo. Isso também ajuda a equilibrar o sistema endócrino. O selênio é um mineral importante que pode ajudar a manter os níveis de tireóide. Uma ótima fonte de selênio é castanha do Brasil. Suplementos de ervas para hipertiroidismo incluem ginseng e bugleweed. Bugleweed ajuda a estabilizar as palpitações cardíacas, um sintoma de um hipertireoidismo. O ginseng é um remédio para o estresse, que é outro sintoma de um hipertireoidismo. Ele age como um agente calmante. Suplementos de iodo para hipertiroidismo têm sido objeto de muitos debates no mundo da medicina. Alguns especialistas dizem que o hipertireoidismo é devido à deficiência de iodo e que suplementos são necessários; no entanto, há um ponto de vista oposto também. É importante consultar o seu médico que irá avaliar sua condição e recomendar suplementos com base nisso. Cada pessoa é única e, portanto, é muito importante consultar um médico antes de iniciar os suplementos.

Ervas:

Bugleweed, chá verde e motherwort são algumas ervas para o tratamento do hipertireoidismo. O chá verde tem propriedades antioxidantes. Isso é ideal, pois ajuda o corpo a se tornar mais forte e a combater as doenças. O chá verde também é calmante e ajuda a combater o estresse. Bugleweed e motherwort são ervas naturais para o hipertireoidismo que foram encontrados para ter propriedades anti-tireoidianas. Ambos são conhecidos por normalizar batimentos cardíacos rápidos, que são um sintoma comum de um hipertireoidismo. As ervas chinesas para o hipertiroidismo incluem uma combinação de osso de dragão e concha de ostra. Eles ajudam a aliviar batimentos cardíacos e tremores rápidos. É aconselhável consultar um médico chinês confiável para obter a dosagem correta dessas ervas.

Você pode assistir a mais conteúdo sobre questões relacionadas à saúde e também conversar com os médicos e consultar o médico on-line em seu telefone apenas no SYMPLER . O HealthMir é o primeiro aplicativo de saúde indiano baseado em IA da Índia que interage com o usuário em tempo real para diagnosticar os sintomas. Biblioteca de conteúdo de vídeo, conteúdo de saúde e consulta on-line também está disponível no aplicativo.

Para baixar o aplicativo, clique no link abaixo:

HealthMir Sympler PlayStore

HealthMir Sympler AppStore

“Versão Hindi do SYMPLER – Disponível agora”

Se você quiser mais conteúdo como este, siga a nossa página “Healthmir

CAUSAS DO TIROIDE

A maioria dos casos de uma tireoide com atividade insuficiente é causada pelo sistema imunológico que ataca a glândula tireóide e a danifica , ou por danos que ocorrem como resultado de tratamentos para o câncer de tireoide ou uma tireoide hiperativa.

Uma tireóide sob atividade ativa geralmente ocorre quando o sistema imunológico, que geralmente combate a infecção, ataca a glândula tireóide. Isso danifica a tireóide, o que significa que não é capaz de produzir o hormônio tiroxina, por exemplo, como na doença de Hashimoto.

Uma tireóide hipoativa também pode ocorrer como um efeito colateral ou complicação do tratamento anterior para a glândula tireóide, como cirurgia ou um tratamento chamado terapia com iodo radioativo.

A falta de iodo na dieta é uma causa comum de uma tiróide hipoativa, porque o corpo precisa de iodo para produzir tiroxina. Os bebês às vezes nascem com uma tireóide hipoativa, porque a glândula tireóide não se desenvolve adequadamente no útero. Isso é chamado de hipotireoidismo congênito e é incomum, afetando cerca de 1 em 3.000 bebês. Um problema com a glândula pituitária poderia levar a uma tireoide pouco ativa.

Uma tireóide hipoativa também tem sido associada a algumas infecções virais ou a alguns medicamentos usados ​​para tratar outras condições, como:

  1. Llithium – um medicamento usado algumas vezes para tratar certas condições de saúde mental, incluindo depressão e transtorno bipolar
  2. Amiodarona – um medicamento usado às vezes para tratar batimentos cardíacos irregulares (arritmias)
  3. Interferons – uma classe de medicamentos usada algumas vezes para tratar certos tipos de câncer e hepatite C

.

SINTOMAS DE TIROIDE

O hipotireoidismo pode causar muitos sintomas diferentes , como:

  1. Sentindo-se cansado, fraco ou deprimido
  2. Pele seca e unhas quebradiças
  3. Não sendo capaz de resistir ao frio
  4. Prisão de ventre
  5. Problemas de memória ou problemas para pensar com clareza
  6. Períodos menstruais pesados ​​ou irregulares

TRATAMENTO HOMEOPÁTICO

A homeopatia ajuda a aliviar os sintomas associados à condição. O hipotireoidismo, sendo um distúrbio constitucional, requer uma abordagem constitucional aprofundada para o seu manejo. A ciência da homeopatia baseia-se no conceito de que a doença é afecção total do corpo e pode encontrar sua expressão local no nível de certos órgãos.

O remédio prescrito com base em toda essa totalidade trata o distúrbio em sua causa raiz e, assim, restaura o funcionamento normal do corpo. A homeopatia funciona melhor nos casos iniciais e leves do hipotireoidismo e não nos casos crônicos e graves.

O tratamento homeopático é direcionado para a UPROOTING DA DOENÇA e garantir a saúde sem efeitos colaterais. Para prescrever a um indivíduo, segue-se um PLANO DE TRATAMENTO que envolve:

  1. OBTENDO COMPREENSÃO COMPLETA DE CASO que inclui a realização de casos completos (analisando o paciente como um indivíduo) junto com a história do paciente e histórico familiar
  2. DIAGNÓSTICO DO PACIENTE E DA DOENÇA
  3. AVALIAÇÃO INDIVIDUAL DO CASO
  4. PRESCREVER O RECURSO CONSTITUCIONAL INDIVIDUAL MAIS ADEQUADO

Para mais informações visite o site da Homeosure

1. Diga não ao plástico e antiaderente – O bisfenol A (BPA) é encontrado em frascos plásticos e pode atrapalhar o sistema endócrino e afetar a tireoide. Use garrafas de plástico de vidro, aço inoxidável ou sem BPA.

Embora não-paus são convenientes, mas estes estão longe de segurança. Aves foram usadas como sistema de alerta precoce na minha desde séculos. Um experimento mostrou que os vapores de antiaderentes causam muitas doenças em pássaros e que as aves sufocam de seu próprio fluido corporal. Esses potes criam anticorpos que prejudicam o corpo

2. Evite o uso excessivo de soja –

A glândula tireóide é suprimida pela ingestão constante de soja; um ingrediente principalmente em alimentos embalados

3. Desintoxicação de Heavy Metal;

A desintoxicação do metal pesado é necessária do corpo. Certas ervas usadas com leite ajudam a desintoxicar o corpo. Use Turmeric ou Thistle em algum momento pitada de pimenta preta ou gengibre seco (duas vezes por semana) Chlorella, Cilantro, uma fórmula de BRAHMI ALMOND ajuda muito na desintoxicação do corpo, especialmente pulmões e depressão cabeça e cura também.

4. Suplementos adaptados

Existem alguns suplementos que ajudam a curar a depressão como sementes de papoula Brahtmi Ashtravad, TULSI ETC. Estes podem baixar o nível de cortisol no cérebro, obrigando o ser humano a recuperar de muitas doenças.

5. Limite os alimentos processados ​​e pré-embalados que você come.

Processamento em geral adiciona açúcar aos alimentos. Isso pode piorar os problemas da tiróide. É preciso um pouco de prática e planejamento, mas quanto mais próximo você puder começar a cozinhar do zero, melhor. O uso de alimentos integrais que não foram processados ​​mantém a maioria de suas vitaminas, minerais e outros nutrientes originais.

6. Aumentar os legumes e frutas em sua dieta. Sempre que possível, escolha comer produtos locais, sazonais e orgânicos, quanto mais fresco melhor. Não se preocupe muito em comprar os vegetais. Qualquer produto é melhor do que nenhum produto, mesmo frutas e vegetais congelados podem beneficiar sua saúde.

7 Limite sua ingestão de carne.

Tente comer menos carne, principalmente carne vermelha. Se você comer carnes, certifique-se de que qualquer carne é magra (de preferência alimentada com capim, pois tem uma proporção mais natural de gorduras ômega-3 e ômega-6), e qualquer ave não tem pele.

Toda a carne que você consome deve ser criada sem hormônios ou antibióticos. A maioria das carnes especifica na embalagem que é livre de hormônios. Se não especificar que é livre de hormônios, provavelmente não é. Verifique a seção orgânica para opções de carne sem hormônio.

Pelo contrário, o peixe é bom para a tiróide.

8. Inclua leite, feijão e legumes em sua dieta.

O leite é uma fonte rica de cálcio O leite A2 de cabra de vaca As leguminosas incluem alimentos como lentilhas e contêm muitas das vitaminas e minerais necessários à tireóide para produzir o hormônio da tireoide. Eles também são uma boa fonte de proteína para indivíduos que limitaram ou desistiram do consumo de carne.

9. Óleo de Coco: Compre óleo de coco orgânico, prensado a frio, de uma loja de produtos naturais. Tome cerca de 1 colher de chá diariamente. Você também pode usá-lo para cozinhar, mas esteja avisado que ele fuma a baixas temperaturas de cozimento, por isso só deve ser usado para cozinhar a baixa temperatura. O óleo de coco acelera o metabolismo, estimula a produção do hormônio da tireóide e mata a levedura de candida.

Fazendo exercício e descanso

1. Compreender a importância do exercício para a função da tireóide. Exercite-se por 30 minutos todos os dias. Você não precisa ter um exercício rigoroso, yoga dá bons resultados. Caminhada rápida vem em segundo lugar. 30 a 40 minutos de ioga ou caminhada rápida por dia podem ser suficientes para fazer a diferença na sua saúde. Você pode aumentar a velocidade ou a duração da sua caminhada se achar que precisa intensificar seu regime de exercícios.

2. Tente uma aula de fitness. Se você tiver problemas para se motivar a se exercitar, tente se envolver no condicionamento físico em grupo. Existem algumas abordagens para o bem-estar, como yoga, tai chi e qigong, que são excelentes opções para ser ativo e também proteger a glândula tireóide.

O exercício mantém o sangue fluindo. Isso permite que o hormônio da tireóide alcance todas as células.

3. Reduza seus níveis de estresse. Identifique áreas de estresse em sua vida e trabalhe para reduzir o efeito delas em você. Você pode ter que fazer algumas escolhas difíceis sobre as obrigações que você concordou no passado para o bem da sua saúde. Aprenda técnicas de meditação, como respiração, visualização ou contagem de respirações.

4. Pranyam Pranyam equilibra o nível de cortisol no cérebro uma das principais causas de depressão e tireóide

5. Visualize usando o sistema de chakras. Sente-se em silêncio e visualize uma luz azul entrando em seu corpo no local da tireóide. Toda vez que você respira, a luz fica mais brilhante e mais azul. Enquanto você respira, escurece um pouco. Mantenha esta visualização em mente pelo maior tempo possível, mas experimente pelo menos 5 minutos todos os dias. No antigo sistema de energia dos chakras, a glândula tireóide está no 5º chakra (Vishuddha) e é caracterizada por uma cor azul.

6. Dê descanso à mente e ao corpo. A tireoide é muito sensível ao estresse porque é uma das glândulas que responde ao estresse. Por causa disso, sua tireoide precisa de tempo para “reinicializar”. Descanso e relaxamento dão à tireoide o tempo necessário. Shav Asan (postura do cadáver) faz um bom trabalho no paciente da tiróide, dá descanso suficiente à mente e ao corpo. Faça Shav Asan por 10 a 15 minutos. E dê 6 a 8 horas de sono

Recomendações de tratamento

· Evite todas as fontes de flúor – Como já mencionado, o flúor suprime a tireóide e é provável que seja a principal causa de hipotireoidismo. Beba água mineral, evite refrigerantes e use creme dental sem flúor. Tanto o café quanto o chá contêm naturalmente flúor, portanto use iodo para compensar se essas bebidas são indispensáveis.

· Coma uma dieta natural – Para ajudar o corpo a curar-se, remova os fardos do sistema imunológico. Isso significa que todos os alimentos processados, sabores artificiais, cores, conservantes; farinha branca, açúcar branco, sal SALADA, óleos hidrogenados, alumínio, xarope de milho com alto teor de frutose e etc. devem ser eliminados da dieta. A comida orgânica é o ideal. Não confie em marketing que diga “All Natural”, porque essa frase é intencionalmente não regulamentada, para que qualquer um possa usá-la para qualquer coisa. Leia os rótulos com cuidado.

· Evite óleo de canola: O óleo de canola interfere na produção dos hormônios da tireóide, entre seus muitos outros perigos. Trate óleo de canola como o abominável, geneticamente modificado e veneno que é.

Se subclínica e não medicada;

  1. Deficiências de ferro, cobre, selênio, riboflavina, histidina e vitamina C podem indiretamente exacerbar o hipertireoidismo [1], por isso, certifique-se de obter o suficiente deles.
  2. Alguns remédios naturais cientificamente comprovados em: MJ Atkins ‘resposta para Quais são os remédios naturais para curar o hipertireoidismo? Pode-se recuperar disso sem a dependência constante da medicação? Eu encontrei suporte para bugleweed (lycopus virginicus) e erva-cidreira (melissa officinalis). (Eu tentei os dois: o bugleweed aumentou ainda mais a minha pressão arterial, então eu tive que começar a usar a medicação da pressão arterial).
  3. Alimentos gipitogênicos têm efeito antitireoidiano fraco.
  4. Se o seu hipertireoidismo causou deficiência de monoamina oxidase [2] evidenciada por alimentos ricos em tiramina causando um “efeito de queijo” (pressão arterial de tiramina = pressão alta, também: coração acelerado, tremores, sudorese), você deve evitar tiramina e possivelmente perguntar ao seu médico prescrever amitriptilina em baixas doses [3] [4] para inibir a captação de tiramina (comece cuidadosamente com 1mg / dia).

Raramente, a hipertensão e as cefaléias e outros sinais de estimulação do sistema nervoso autônomo podem ser provocados pela tiramina em pacientes com um tumor adrenal raro, conhecido como feocromocitoma, ou em pacientes com uma glândula tireóide hiperativa.

http://ehealthforum.com/health/s…

Lista de alimentos que contêm tiramina: Dieta restrita à tiramina

Notas de rodapé

[1] MAO

[2] Aminas biogênicas e tireotoxicose.

[3] Uma abordagem quantitativa do ensaio clínico inicial de antidepressivos tricíclicos: uma comparação de Leo 640 e nortriptilina.

[4] A amitriptilina prevenirá a reação “queijo” dos inibidores da monoamina-oxidase?

Sua glândula tireóide produz hormônios que contribuem para o seu metabolismo, energia e saúde em geral. Se você tem hipertireoidismo, isso significa que sua tireóide produz uma quantidade excessiva de hormônios.

Os sintomas de uma tireóide hiperativa incluem nervosismo, batimentos cardíacos acelerados, tremores, perda de peso involuntária e alterações de humor. Cerca de 1% dos americanos têm hipertireoidismo, de acordo com o Serviço Nacional de Informações sobre Doenças Endócrinas e Metabólicas, e mais freqüentemente mulheres do que homens. Além do tratamento médico, uma dieta saudável pode melhorar seus sintomas.

LEIA MAIS: A revisão da dieta de meio dia

Função

Uma dieta apropriada para pacientes com hipertireoidismo fornece muitos nutrientes, enfatiza os alimentos que podem reduzir os sintomas incômodos e limita os que podem interferir na função tireoidiana. Terapias alternativas, incluindo mudanças na dieta, não se destinam a curar ou servir como único tratamento para o hipertireoidismo, de acordo com a Universidade de Maryland Medical Center. Eles podem, no entanto, reduzir sintomas leves e melhorar outras formas de tratamento, como medicamentos.

Alimentos Úteis

Uma dieta com hipertireoidismo deve conter uma variedade de alimentos saudáveis ​​de todos os grupos alimentares vitais, incluindo frutas e legumes, cereais integrais, fontes de proteína magras e gorduras saudáveis.

A Universidade de Maryland Medical Center sugere que pacientes com hipertireoidismo consumam frutas e vegetais ricos em antioxidantes, que incluem frutas vermelhas, cerejas, kiwi, frutas cítricas, ameixas vermelhas, tomates, espinafre, couve, pimentão e abobrinha.

Ácidos graxos ômega-3, encontrados em salmão, atum, sardinha, semente de linhaça e nozes, podem melhorar a função do sistema imunológico e minimizar a inflamação. Consuma alimentos ricos em proteínas, como peixes, legumes, laticínios e aves, para melhorar o equilíbrio do humor e do açúcar no sangue. Fontes adicionais de gordura saudável incluem sementes, nozes, óleo de canola e azeite de oliva.

Alimentos Problemáticos

Embora nenhum alimento seja explicitamente proibido se você tiver hipertireoidismo, é necessário limitar a ingestão de alimentos específicos para reduzir a gravidade de seus sintomas. M. Sara Rosenthal, autora do livro “The Thyroid Sourcebook”, sugere evitar alimentos refinados, como pães enriquecidos, massas, cereais e doces, e fontes insalubres de gordura, como gorduras saturadas e trans.

Alimentos e bebidas ricos em gordura saturada incluem carne vermelha, gordura de aves, carnes processadas, leite integral, gemas de ovos, manteiga e frituras. Gorduras trans, particularmente prejudiciais à saúde do seu coração, são prevalentes em margarina, gordura e alimentos comercialmente preparados que listam o óleo vegetal hidrogenado como ingrediente.

Cafeína; álcool; e açúcares adicionados, como açúcar de cana, açúcar mascavo, xarope de arroz integral, mel e xarope de milho, também podem exacerbar sua condição.

Suplementos Dietéticos

Se você tiver dificuldade em atender suas necessidades alimentares apenas com a alimentação, seu médico poderá sugerir suplementos.

Um multivitamínico diário contendo vitaminas C, A e E e vitaminas do complexo B, bem como minerais como o cálcio e o zinco, podem ajudar a aliviar as deficiências nutricionais associadas ao hipertireoidismo.

Se sua dieta é deficiente em gorduras ômega-3, um suplemento de óleo de peixe ou semente de linhaça pode ser benéfico. Como os suplementos dietéticos podem apresentar efeitos colaterais e interagir com medicamentos para a tireoide, a Universidade de Maryland Medical Center recomenda que você procure aprovação e orientação do seu médico.

Por que as pessoas querem tratar muitas condições médicas com uma dieta, quando não há pesquisas científicas que apóiem ​​isso?

Nos últimos 40 anos, tenho tratado com sucesso muitos pacientes com hipertireoidismo e nunca prescrevi uma dieta.

Uma pesquisa no PubMed sobre estas últimas publicações sobre dieta e hipertireoidismo encontrou essas duas de 1922 e 1928, na Página de Jornal da Associação Médica Canadense sobre Nih “Dieta e Hipertireoidismo” e a Página do British Medical Journal em Nih “Uma Dieta Carboidratada para Hipertireoidismo” por Henry Moll, você pode imaginar com o conhecimento médico muito limitado e possíveis terapias nesse tempo as recomendações não são mais do que de interesse histórico.
Talvez a recomendação de ingerir mais calorias por dia em várias refeições ao longo do dia para compensar um nível mais alto de metabolismo devido ao hipertiroidismo tenha alguma verdade, mas agora temos décadas de remédios tireostáticos muito eficazes, então dentro de 2 a 3 semanas a doença é controlada para que não haja metabolismo muito alto, isso não é mais clinicamente relevante.

EDIT: desde depois de controlar o metabolismo hiperativo prescrevendo drogas as pessoas tendem a comer como antes, então o crescimento rápido de gordura, eu avisei-os a comer muito menos porque eles não seriam capazes de perder seu excesso de peso facilmente enquanto em tratamento de tiroxina.

Evitar iodo extra, no entanto, parece sábio, uma vez que isso pode ser incorporado no hormônio da tireóide recém-formado.

Para pacientes que sofrem de hipotireoidismo, a dieta precisa ser cuidadosamente avaliada. Algumas dicas que podem ser úteis são dadas abaixo. Mas certifique-se de obter uma consulta antes de começar esta dieta:

Coma muito se legumes e saladas. Mas certifique-se de que você os come crus. Faça fritar, cozinhe. Comê-los com a casca na maioria dos casos.

Completamente cortado em açúcares refinados.

O hipotireoidismo não é senão o metabolismo lento do corpo. Isso significa que seu corpo tem que tomar esforços extras para produzir os mesmos resultados, pois a eficiência está diminuindo. Portanto, seu TSH aumenta para produzir a mesma quantidade de T3 e T4.

Certifique-se de mudar sua dieta e estilo de vida para que problemas maiores sejam evitados. Se possível, consulte um bom nutricionista.

Cuidar

Nikhil

Não existe uma dieta específica, mesmo que os naturopatas tentem vendê-lo em um, mas é bom evitar alimentos ricos em iodo, porque a tireóide usa iodo para criar hormônios da tireóide. Você não pode fazê-lo completamente porque você precisa de hormônios da tireóide, mas é uma boa idéia comer alimentos com alto teor de iodo com mais moderação (assim, frutos do mar e algas marinhas, incluindo carandina, que é um espessante derivado de algas; ele contém naturalmente o próprio iodo e também é infundido com mais, porque o iodo é usado para limpar as cubas de laticínios e o sal de mesa que tem adição de iodo, que é o sal de mesa mais comum na América do Norte). Também é geralmente recomendado tomar um suplemento de vitamina D (e muitas vezes cálcio). Na Europa, onde o solo não tem selênio, pode ser útil tomar um suplemento de selênio se você tiver uma deficiência de selênio porque o selênio está envolvido na produção dos hormônios da tireóide. A maioria dos norte-americanos consome suficiente selênio porque nossos solos tendem a ser ricos nele. Além de que comer uma dieta saudável, obviamente, nos ajuda a permanecer saudável e garantir uma nutrição adequada.

Dieta não deve ser um grande negócio se isso for tratado. Coma o que quiser. Mas evite cafeína excessiva e outros estimulantes.