Uma pessoa iluminada sente que é a consciência pura em todos os estados: estado de vigília, sonho e sono profundo?

Vamos começar com a pessoa não iluminada.
Ele experimentaria o mesmo tipo de consciência ao acordar, sonhar ou em estados de sono profundo? Provavelmente não.
Por exemplo, um sono profundo e sem sonhos é frequentemente sentido como “luz apagada, luz acesa”. Depois, há o estado de sonho do sono. Muitas vezes não estamos cientes de que estamos sonhando, apenas quando experimentamos um sonho lúcido (um sonho em que sabemos que estamos dormindo) que a consciência parece mudar.

Agora, a declaração de Swami Sarvapriyanand. Como ele é um Swami, presumo que ele se referisse a Turiya. A referência ao estado de vigília, sonho e estado de sono profundo (sem sonhos) também apóia isso, já que esses são os três “estados normais”.
Turiya é um momento no tempo em que a mente perde todos os objetos mentais (pensamentos, impressões sensoriais e impressões mentais), mas a consciência ainda permanece. Isto é diferente de um estado de vigília (todos os três fatores estão presentes), estado de sonho (pensamentos e impressões mentais estão presentes) e sono profundo (nenhum dos fatores está presente) onde a consciência também não está presente.

Turiya é o estado mental que está presente antes da vigília, sonho ou sono sem sonhos. Não é que seja separado dos outros e assim, quando o meditador está acordado (a), ele saberá que está em segundo plano. Nos sonhos, isso estará presente no momento em que o meditador perceber que está em um sonho (lúcido). E no sono sem sonhos não há consciência e, portanto, não há consciência da consciência subjacente.

É assim que eu entendo este assunto, pode ser um pouco falho já que eu não sou um swami.